Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Freedom

publicado por ónix, em 21.12.09

Amo a liberdade...agarrar no meu carro que tem aquela cor que eu venero e partir para onde bem quero e quando quero. São estas vontades concretizadas que me dão força para seguir em frente. Liberdade de movimentos, de sentimentos e de vontades.

Por acaso apetecia-me hoje e agora vaguear pela noite fria e chuvosa e parar à tua porta apesar de não saber para onde me direccionar.Encontrada a direcção, apetecia-me bater e ver-te aparecer. Depois não sei, talvez me deixasses dizer-te as palavras... aquelas, sabes?

A seguir voltava a mergulhar na noite escura e gelada regressando devagarinho para o meu cantinho acolhedor e quentinho. Aí, instalada confortavelmente na sala aquecida,bebericava um cacau a fervilhar de emoções e comia uma ou duas filhós p'ra me adoçar o coração.

 

Então sentir-me-ia livre daquilo que queria dizer e  seria dito, livre de um passado que às vezes entra sem avisar, livre do que penso ou não penso sentir por ti!

 

Amo a liberdade!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ónix às 23:50

Coisas da vida

publicado por ónix, em 13.12.09

Quando se remexe no passado, as memórias vão regressando de mansinho e vão deixando algumas marcas de saudade. Voltei a ver-te passados tantos anos, em circunstâncias pouco felizes. E voltei a ouvir a tua voz grave, voltei a ouvir as tuas gargalhadas há tanto silenciadas, voltei a observar a medo o teu sorriso de menino.

Julgava que o amor não tinha cor... mas tem! Reflectiu-se em mim no negro do teu olhar.

 

Se te amei? Incondicionalmente.

Se te amo? Não sei.

Se te voltarei a amar? ...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ónix às 20:47

A quem passa...

publicado por ónix, em 02.12.09

Faz hoje um ano que escrevi o meu primeiro post... faz hoje um ano que nasceu o meu Reptos. Tive incentivos por parte da mana Ametista, pois nunca dei grande importância a este mundo virtual. Não estou de todo arrependida. É bom escrever coisas que a alma nos dita e é bom saber que há alguém do outro lado que gosta de nos ler.

Criei algumas amizades virtuais, conheci duas delas pessoalmente... logo eu que era tão céptica. E foi uma experiência maravilhosa, diferente de qualquer outra que possa existir.

Quero agradecer a todos os que vão passando por aqui e gostam das minhas palavras.

Obrigada a quem se cruzou neste meu caminho, a quem deixa uma palavra de amizade, uma palavra de coragem por vezes, a quem me faz sorrir e soltar gargalhadas à distância. Vou continuar por aqui a escrever tudo aquilo que me apetecer e com a mesma vontade de há um ano atrás.

Continuarei, até que o tempo mo permita!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ónix às 22:45





Reptos mais comentados




Imagens retiradas de Google