Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Da janela

publicado por ónix, em 21.10.09

 

Aqui, por detrás da janela deste quarto que me detém prisioneira de tudo, olho os carros que vão chegando e partindo, olho o céu de um azul que dá vontade de sorver e sinto o calor do sol que tenta aquecer-me a alma através dos vidros baços e frios.

Presa entre catéteres, antibióticos, comida intragável e gargalhadas histéricas e estrondosas às tantas da matina que não deixam sonhar quem precisa, vou soltando uns ais pianíssimos que só o meu coraçãozito inquieto consegue escutar.

Suspiro mais alto. Quero sair !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ónix às 19:59


comentários

De Caravaggio a 21.10.2009 às 23:59

Então Ónix! Não gostei nada do teu post ou são só sobras da tua recuperação? Que no próximo já substituías isso tudo pela tal caneca de caipirinha, não caipirôna . Beijinho grande para ti e animo, fala do teu Ribatejo, se é que é. É tão delicioso.

De ónix a 22.10.2009 às 11:59

Viva, Caravagio
São mesmo sobras da recuperação. Ainda não posso sair de casa e estou a ficar meio apanhada.
E sim, moro no Ribatejo. Pelos vistos conheces, para dizeres que é delicioso. A caneca de caipirinha, ia de boa vontade.
Bjinhos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.








Reptos mais comentados


Obrigada a quem vai passando...




Protected by Copyscape Web Plagiarism Check

Imagens retiradas de Google