Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Reflexos

Daqui a alguns anos quando me olhar ao espelho e verificar com desilusão a imagem que irá reflectir, vou passar a minha velha mão por cada ruga vincada no meu rosto. Vou reparar de certeza no meu olhar cansado e triste e no sorriso ainda sincero e genuíno que  com toda a certeza irei manter. Não queria de todo envelhecer, o passar do tempo faz a minha alma chorar e soltar gemidos de angústia.

Provavelmente continuarei a olhar a imagem reflectida num espelho que não mente e apesar do passar dos anos sei que vou gostar imenso da mulher que fui, a mulher  que travou batalhas em prol da justiça e perdeu, a mulher que  se empenhou com garra pelos direitos de quem sofre e perdeu, a mulher que durante toda  a sua vida quis lutar por um Mundo melhor. E perdeu!

 

tags:

escrito por ónix às 22:52
| comentar
25 comentários:
De Caravaggio a 14 de Janeiro de 2010 às 00:11
Tens de respirar fundo e, daqui a uns dias escrever outro texto onde este espelho te diga tudo o que ganhaste até agora e o que ainda tens para ganhar. Essa pessoa que é GANHADORA chama-se Ónix e, faz o favor de ser minha Amiga, é inteligente, sabe pensar porque quem não souber, fica pelo caminho.


De ónix a 14 de Janeiro de 2010 às 21:31
Olá amigo Caravagio
Adorei o teu comentário... interiorizei as tuas palavras. Fica em aberto o desafio. Obrigada por tudo.
Beijocas


De viajanteintemporal a 14 de Janeiro de 2010 às 00:28
Perder uma batalha não quer dizer que se perde a guerra. O sorriso sincero é meio caminho para se chegar a algo. Força. ***


De ónix a 14 de Janeiro de 2010 às 21:33
Pois é... o sorriso sincero acompanhar-me-à sempre. Qualidade ou defeito? Discutível para muitos mas eu sinceramente prefiro a sinceridade e a verdade acima de tudo.
Obrigada por teres passado.


De DyDa/Flordeliz a 14 de Janeiro de 2010 às 20:15
Talvez?!...
Mas ficarás com a certeza que não foi por não lutar.
Os registos estarão gravados em cada vinco de ruga e na vontade de tentar lutar.
Beijinho
Fica bem!


De ónix a 14 de Janeiro de 2010 às 21:35
Olá, menina florinha
Pois, pois...ficam mesmo os registos. Mas eu queria mais só que sozinha não consigo, né?
Beijinhos. Gosto de te ter de volta.


De Diana V. a 15 de Janeiro de 2010 às 02:02
Menina ònix...
espero que o teu espelho reflita o que eu vejo...
Mulher menina ... sim com sorriso genuíno... mas mais revelador é o brilho que trazes no olhar... de quem sonha e acredita...
Qualquer batalha a favor da justiça, está ganha no primeiro momento, mesmo que o resultado seja outro... ganha-se a certeza para os que se permitem acreditar que há quem faça por um mundo melhor...

Abraço minha amiga e muitos raios de sol

Diana


De ónix a 15 de Janeiro de 2010 às 22:37
Menina Quimera
Reconfortantes e sempre sensíveis e bem escritas as tuas palavras. Sabes uma coisa? Odeio a injustiça e vivo rodeada de tanta...e nada consigo fazer. É assim o mundo em que vivemos.
Beijinhos muito grandes para ti


De Ametista a 15 de Janeiro de 2010 às 17:52
Minha querida ónix,
Não considero uma perda, se bem que envelhecer custa... ai se custa! Temos de aprender a viver com isso, porque o tempo não volta atrás...
Quanto ao mundo, não pressinto dias melhores. Podes, por isso, ficar com a boa memória de que viveste numa época que valeu tanto a pena... mas ainda tens muito para viver, pelo menos deves acreditar nisso...
E deixa-me dizer-te que tens batalhado ao longo da tua vida e tens conseguido vencer barreiras, algumas bem difíceis de ultrapassar...
Adorei o texto, apesar de transmitir aquela nostalgia que ajuda ao saudosismo...

Beijinho enorme


De ónix a 15 de Janeiro de 2010 às 22:41
Agora fiquei com uma lagrimita no cantito do olho... tens este dom de colocar um sentimento desmedido nas palavras. Até um pequeno comentário teu tem este efeito em mim. Adorei! Obrigada!
Beijos...muitos.


De entremares a 16 de Janeiro de 2010 às 21:08
Nunca terá sido tempo perdido.
E a mensagem continua a passar.
E perdurará.

Fica bem.
Rolando


De ónix a 16 de Janeiro de 2010 às 22:33
Também considero que não foi nem será tempo perdido. Gostei do teu comentário. Obrigada, entremares.


De flordocardo a 23 de Janeiro de 2010 às 12:26
Escreves bem, mas não estás bem. Já somos dois, no mínimo...

«E perdeu»? Nada se perde; tudo se transforma!


De ónix a 23 de Janeiro de 2010 às 13:49
Sabes, neste caso é mesmo uma questão de perda, não tem a ver com transformação. Quanto ao não estar bem, todos temos momentos assim... depois passam. São momentos de revolta devido a injustiças que não se conseguem combater.
Obrigada por passares.


De flordocardo a 23 de Janeiro de 2010 às 14:56
Eu vou passando, OK? Passa também por...

http://flordocardo.blogs.sapo.pt

Abraço!


De ónix a 24 de Janeiro de 2010 às 15:02
Passarei, com toda a certeza.
Abraço.


De onda_azul a 5 de Dezembro de 2010 às 16:17
Não perdeste, não penses assim, cada batalha, cada palavra, cada sentimento que tens é uma batalha ganha na tua vida, podes ter a certeza disso.

Bjo


De ónix a 5 de Dezembro de 2010 às 18:56
Nem sempre nos sentimos assim, com o sabor da vitória. Neste caso, acho que perdi, ao querer mudar certas coisas e não conseguir.
Bjus


De onda_azul a 5 de Dezembro de 2010 às 19:10
Só por tentares venceste, só perdias se não tivesses coragem de tentar.

Bjo


De artesaoocioso a 2 de Março de 2011 às 01:09
Margarida,
Andamos separados pelo mesmo caminho em épocas diferentes.
Durante cerca de 30 anos andei medido (perdido?) pelos sindicatos.
Depois de Abril, foi a CGTP e uma bebedeira de causas.
Também perdi. Arrependo-me de várias coisas mas desta não.
Uma parte do homem que foi devo-a s esta aprendizagem.

Um grande abraço


De ónix a 2 de Março de 2011 às 23:38
Meu caro João
É a revolta da perda de causas. Mas fica a paz interior e o sentir-me bem por ser assim. Já vi que também foi e é um homem de luta... só o facto de o ser faz de si um ganhador.
Abraço


De artesaoocioso a 4 de Março de 2011 às 00:00
Margarida,
É uma história muito complicada e longa para contar, apenas poderei tentar alguns pequenos post .
Para mim foi, em parte, uma escola de vida. A meio do caminho comecei a perceber o que são os partidos e os sindicatos.
Passei a independente... sem rede e fiquei vacinado.
O que me surpreendeu nos sindicatos e nos partidos foi a baixo nível cultural dos seus dirigentes, com as devidas excepções pois também existem homens e mulheres de grande valor.
Sinto-me embalado para continuar mas isto é apenas um espaço para comentários.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Margarida, <BR>É uma história muito complicada e longa para contar, apenas poderei tentar alguns pequenos post . <BR>Para mim foi, em parte, uma escola de vida. A meio do caminho comecei a perceber o que são os partidos e os sindicatos. <BR>Passei a independente... sem rede e fiquei vacinado. <BR>O que me surpreendeu nos sindicatos e nos partidos foi a baixo nível cultural dos seus dirigentes, com as devidas excepções pois também existem homens e mulheres de grande valor. <BR>Sinto-me embalado para continuar mas isto é apenas um espaço para comentários. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bjs</A> . <BR>


De ónix a 5 de Março de 2011 às 18:57
Também acho... e relativamente aos sindicalistas têm desiludido bastante. Luta constante, dizem, e tão poucos resultados.
Continue, se quiser, mas se quiser fazer posts sobre isso terei todo o prazer em comentar.


De artesaoocioso a 9 de Março de 2011 às 13:04
Margarida,
É difícil responder num pequeno comentário, tentarei fazer um post onde é possível estender um pouco as pernas.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Margarida, <BR>É difícil responder num pequeno comentário, tentarei fazer um post onde é possível estender um pouco as pernas. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bjs</A>


De ónix a 9 de Março de 2011 às 23:21
Ficarei à espera...
Obrigada por continuar a passar.


Comentar post


. Um pouquinho de mim

. Adicionar-me

. 34 seguidores

Obrigada a quem vai passando...

.OS MEUS REPTOS

. Regresso

. O Despertar dos Silêncios

. Back in time

. Um dia...

. Vontades

. Poetas

. Faz

. Escolhas

. Noite

. Aplauso

. Sedução

. Smile

. Why?

. Acerca deste dia

. Words

. Ele e Ela

. Red rose

. Closed

. O livro ou não...

. Eternamente jovem

. Palavras para uma imagem

. Medo

. Histórias ou estórias, qu...

. No feminino

. Nós

. Brinde a ti

. Primavera

. Escreve-me

. Dezanove

. Palavras para uma imagem

. Com Alma

. Para ti

. Era uma vez...

. Virar de página

. Palavras para uma Imagem

. A norte

. Champanhe e palavras

. Angel

. O Filme

. Em silêncio

. Porque me apetece

. Ela

. Danças?

. Entardecendo devagar

. Caminhos

. Years

. Fim de tarde

. Reencontros

. Palavras...somente

. Hoje

.O TEMPO DAS PALAVRAS

. Junho 2019

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

Protected by Copyscape Web Plagiarism Check

Imagens retiradas de Google

online