Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ondas

publicado por ónix, em 28.02.10

Atraem-me as ondas de um mar furioso. Despertam-me os sentidos e em simultâneo acalma-me o coração o som do seu marulho. Quero ficar aqui bem tranquila, sentada na areia fria a olhar com indefinível paixão este mar. E enquanto fixo cada onda agitada que vai e vem sem destino aparente, lembro-me de ti. Não vês como te quero?

Mas tu não me ouves... és como aquela onda que vem e volta a ir num corropio constante e acaba sempre por não ficar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ónix às 23:39


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.








Reptos mais comentados


Obrigada a quem vai passando...




Protected by Copyscape Web Plagiarism Check

Imagens retiradas de Google