Sábado, 20 de Dezembro de 2008

Noite de Natal... ou não

 

Mãe, queria ter...

Filho, não podes ter...

E as montras exibiam-se vaidosas e desejadas... os brinquedos cobiçados, as luzes e os presépios, as filhós e as rabanadas.

Seguiram rumo a casa feita de sonhos e de nada... o coração de mãe destroçado. Abraçou-o num abraço sedento e inquieto... era o que tinha para lhe dar. Depois... chorou com ele!

 

E é esta a melhor noite do ano. Será???

 

tags:

escrito por ónix às 23:52
| comentar | ver comentários (9)

. Um pouquinho de mim

. Adicionar-me

. 34 seguidores

Obrigada a quem vai passando...

.OS MEUS REPTOS

. Noite de Natal... ou não

.O TEMPO DAS PALAVRAS

. Junho 2019

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

Protected by Copyscape Web Plagiarism Check

Imagens retiradas de Google

online